Saúde emocional X Saúde Mental – Entenda a diferença e semelhança entre elas

A saúde em geral envolve muitos aspecto do corpo, na realidade é preciso esteja atento (a) aos sinais da mente para que esteja sã, muitas vezes as diferenças são quase indissociável a saúde mental e saúde emocional.

Por estarem muito ligadas uma com a outra, é quando ocorre a confusão de pensamentos, você sabe o que é de fato saúde emocional? Saúde Mental?

Para entender melhor o que é cada uma delas, é preciso entender as diferenças e semelhanças, veja algumas características que distinguem os dois, na realidade é importante entender e mantê-los bem nutridos.

  • Saúde Mental

É o equilíbrio que o indivíduo tem de desenvolver os problemas que ocorrem consigo mesmo, da melhor maneira possível. Ter uma boa saúde mental é conseguir lidar com as próprias emoções, seja ela favorável ou não. Reconhecer seus limites e até onde você consegue ir é um dos principais desafios da vida, superar os momentos difícil é um sabedoria que poucas pessoas conseguem lidar.

  • Saúde Emocional

É uma característica ligada diretamente à saúde mental, envolver as questões e ações dos sentimentos, conseguir superar as coisas ruins da vida, são as características de uma boa saúde emocional.

A saúde emocional envolve a percepção que o indivíduo tem de si mesmo, mante-se entusiasmado (a) com a vida, quando a saúde emocional estar em perfeita condição dificilmente os relacionamentos são abalados, caso você tenha dificuldade para lidar com os problemas e superar decepções e importante buscar ajuda de um terapeuta.

Entenda a diferença entre os dois tipos de saúde…

A diferença entre saúde emocional e saúde mental consiste em poucos elementos bem sutis, que quase não são percebidos, na realidade a saúde emocional é facilmente percebida, pois atinge diretamente o estado de ser e espirito da pessoa, além de influência a forma de ser lidar com outros indivíduos.

Já a saúde mental é um pouco mais complexa, pois envolve questões cerebrais que pode ser facilmente percebida por alguns sinais, é identificado facilmente que o indivíduo não está com a saúde plena.

A saúde mental e a saúde emocional tratam da forma de lidar com as pessoas, no momento que essa saúde não está plena, ou seja, estar comprometida o mesmo tendem a se isolar, além de mudar a forma que ser relacionam com as pessoas.

Pessoas com um desiquilíbrio emocional tendem a ter problemas que comprometam a saúde como a depressão, ansiedade entre outros problemas emocionais que podem afetar a sua mente.

Cuide da sua saúde emocional e mental, certifique –se que você está fazendo da maneira correta. Procure manter o equilíbrio, procure perceber que ambas estão em excelente estado mental e emocional.

É preciso evitar esses desiquilíbrios emocionais, pois é tão importante o perfeito funcionamento para o seu corpo e mente, dessa forma, você evita o desiquilíbrio do seu esgotamento mental.

A autoestima é algo que deve se cultivado, através dos seus comportamentos, ações e atitudes positivas, modifique o seu visual, dei aquele tapa no seu estilo, aposte nas novidades e tendência sobre estética e beleza, invista naquilo que lhe faz bem.

Investir na sua saúde emocional é ser motivar, estimular mais autoestima, melhore as suas atitudes e se aproxime de pessoas mais alegres, controle e motive suas emoções, de maneira paralela elimine os sentimentos de magoa, ódio, inveja ou angustia, aprenda a administrar todas as suas emoções e preocupações diárias que elas não atrapalhem o seu modo de viver.

Cuide da sua alimentação, é uma ótima ideia de controlar e manter saudável a sua saúde emocional, uma alimentação adequada evita irritabilidade e sintomas de depressão.

Pratique coisas que lhe dão prazer, o melhor sentimento que podemos sentir é a satisfação. Ajuda a acalmar, além de ajudar na concentração, canalize seus sentimentos, estimule a inteligência e habilidades.

Sempre que possível, dedique um tempo para avaliar o que você vem fazendo da sua vida.  Pois a sua saúde emocional está relacionada a qualidade de vida, ao equilíbrio e bem estar consigo mesmo.

É importante prestar atenção em todos os sinais, principalmente nas coisas que nos incomoda emocionalmente, percebendo os nossos sentimentos e como cuidamos deles, os sentimentos de raiva, ciúme e tristeza são normais é automáticos, surgem sem que possamos controlar, cada indivíduo busca estratégias para cuidar de si mesmo.

A maneira que enfrentamos a vida, tende a diminuir a nossa autoestima, com isso nos tornamos cada vez mais autocríticos das situações da vida, para melhoramos a nossa saúde emocional precisamos diariamente adotar hábitos saudáveis que mude a nossa rotina de vida.

Pessoas que tem uma baixa saúde emocional, tendem a ter problemas para enfrentar a rejeição, que é bastante dolorosa, pois a pessoa tende a procurar um sentido para a dor, tentando encontrar as falhas e defeitos em si mesmo, leve a vida de maneira leve, tente esquecer as falhas e ver delas o aprendizado.